terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Maria no Corpo Místico de Cristo


Em síntese, acusam a Igreja Católica de fazer de Maria Santíssima:

1. O factótum da corte celeste.
2. Um objeto de adoração.
3. Uma novidade desconhecida no Evangelho e nos primeiros tempos do Cristianismo.

Tomemos, uma por uma, todas as objeções e lhes demos uma resposta clara e sucinta, que dissipe todos os erros e faça refulgir a única verdade católica.
Maria Santíssima não é, nem pode ser o factótum. É uma heresia, que a significação dos próprios termos refuta.

O factótum é Deus; e por isso só a Ele é devida toda a honra e glória nos séculos dos séculos, como diz o apóstolo (1Tm 1, 17).

O termo adoração exprime o culto desta honra suprema, e este termo é exclusivamente reservado ao culto de Deus.

O termo superveneração exprime o culto que prestamos à Mãe de Deus; e nada tem de comum com a adoração, de modo que, neste culto, o excesso é impossível; para que houvesse excesso, necessário seria que ultrapassando o culto de superveneração, alguém deslizasse na adoração, o que nenhum católico faz, nem pode fazer.

Qual é, pois, exatamente, o lugar de Maria Santíssima na hierarquia divina da religião?

É simples e é belo. É São Paulo quem nos vai fornecer a descrição, em sua linguagem figurada e teológica. Ele escreve:

“Assim como num só corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma função, assim ainda que muitos, somos um só corpo em Cristo, e cada um de nós membros uns dos outros. (Rm 12, 4-5)”

“Ora, vós sois corpo de Cristo, e membros unidos a membro. (1Cor 12, 27)”

“E ele é a Cabeça do corpo, da Igreja, e é o Princípio, o primogênito dentre os mortos; de maneira que ele tem primazia em todas as coisas, porque foi do agrado do Pai, que residisse nele toda a plenitude, e que por ele fossem reconciliadas consigo todas as coisas. (Cl 1, 18-19)”

Eis uma figura esplêndida da Igreja.

A Igreja é o corpo místico de Jesus Cristo.

Um corpo possui necessariamente três partes:

A cabeça, o pescoço, os membros inferiores.

É uma figura muitas vezes empregada pelo apóstolo.

A cabeça é o Cristo.

Os membros somos nós.

E como são ligados à cabeça os membros deste corpo?

Pelo pescoço.

O pescoço é, pois, a parte mediana, que é um membro do corpo, mas com esta particularidade, que é membro que toca ao mesmo tempo, a cabeça e os membros.

E entre os diversos membros deste corpo qual é a criatura que toca ao mesmo tempo Deus e as criaturas?

É a Virgem Maria.

Pela sua natureza, ela é uma simples criatura; pela sua dignidade, ela é Mãe de Deus.

E que união mais íntima pode existir entre duas criaturas do que a união de mãe e filho?

Eis porque Maria Santíssima é chamada pelos Santos: o pescoço do corpo místico de Jesus Cristo.

Esta figura exprime admiravelmente o lugar que Maria Santíssima ocupa na Igreja e no culto católico.

Ela não é a cabeça, ela é membro.

Ela não é um simples membro, mas entre todos os membros, goza do privilégio único e incomunicável de ser diretamente unida à cabeça, enquanto todos os outros membros o são por intermédio do pescoço.

Eis como cai por terra a primeira objeção protestante, acusando a Igreja de fazer de Maria Santíssima o factótum da religião.

O factótum e a cabeça é Jesus Cristo.

O Intermediário, o membro de ligação entre Jesus Cristo e os homens, é Maria Santíssima.

Ora, quem é capaz de confundir pescoço com a cabeça?

Quem não vê, que de nenhum modo e nunca o pescoço pode substituir a cabeça, ou ser colocado em cima da cabeça?

A comparação de São Paulo é, pois, típica, profunda, expressiva, e indica para cada parte do corpo místico do Salvador o seu lugar próprio.
Jesus Cristo.

Maria Santíssima.

Os homens.

TRECHO DO LIVRO: A MULHER BENDITA DIANTE DOS ATAQUES PROTESTANTES - RESPOSTAS IRREFUTÁVEIS ÀS OBJEÇÕES PROTESTANTES CONTRA O CULTO DA SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA.
Padre Julio Maria de Lombaerde
Ano: 1936

Segue links para compra:

Ebook



Capa Comum ISBN: 9781728879789 Páginas: 371 Tamanho: 15x23 Cm.



Capa Flexível ISBN: 9781684547043 Páginas: 459 Tamanho: 14,8x21 Cm.









sábado, 9 de fevereiro de 2019

Presença de Jesus Cristo no Meio de Nós no seu Tabernáculo: Ela é de Todos os Lugares e de Todos os Tempos


Quando Salomão, cercado pela multidão do povo de Israel, dedicou à glória de Deus o magnífico templo que havia construído, a pompa das cerimônias e a majestade do Senhor; que se fez sensível, infundiram na assembleia um sentimento religioso tão profundo que ela se prostrou em terra e do coração do monarca soltou-se este grito de admiração:

“Será crível que Deus se digne tomar morada sobre a terra no meio dos homens! Se o céu e todos os céus não podem conter a sua imensidade, como a comportará este edifício que é obra das minhas mãos? (2Cr 6, 18)”

Em toda a parte onde estiver o corpo reunir-se-ão as águias em torno dele (Mt 24, 28). O corpo por excelência, o mais nobre e perfeito de todos os corpos, o corpo sagrado de Jesus Cristo, que tão grande parte tivera na obra da nossa Redenção, sabemos onde está. Adoramo-lo sentado à direita do Pai, mas também o adoramos nos nossos tabernáculos. Ah! Onde estão as almas que elevando-se acima da natureza e dos sentidos com um olhar de águia apercebem Jesus através dos véus do Sacramento? Quanto são raros os cristãos que, como Moisés, veem, para assim dizer, o invisível (Hb 11, 27). E apreciam, como devem, a presença do Deus Eucarístico! Se o Verbo Encarnado nos dissesse que compraz no meio dos Anjos, Arcanjos, Querubins e Serafins, que compõem a sua corte celeste, concebê-lo-ia facilmente, porque ali ao menos Ele é conhecido e servido como deve sê-lo; mas que Ele se digne assegurar-nos que as suas delícias são de estar com os filhos dos homens, não será motivo para nos causar o maior assombro? Não se diria que o seu amor o cega ao ponto de lhe fazer esquecer o que Ele deve à sua infinita grandeza? João Batista, nas margens do Jordão, conturbado no seu espírito, dizia aos judeus que o tomavam pelo Messias:

“Há no meio de vós alguém que vós não conheceis. Se soubésseis o que ele é o que merece esquecer-me-íeis para não pensar senão nele. (Jo 1, 26)”

Deve convir-se todavia que o Santo Precursor não tinha motivo de espantar-se muito vendo o Messias sem consideração nem honras no meio do seu povo, porque Ele acabava apenas de deixar a obscura oficina de Nazaré; mas quanto mais espantoso e aflitivo é que o Divino Salvador seja quase desconhecido de nós depois de tudo o que fez para nosso proveito durante a sua vida, na sua morte e depois na sua triunfante Ressurreição!

A sua presença no meio dos homens não é privilégio de uma nação ou de uma localidade qualquer. Ela pertence a todas as nações e a todos os lugares, onde houver um presbítero católico e um altar. Se Jesus não tivesse senão um templo em todo o universo, qual seria o cristão que não ambicionasse a felicidade do poder, ao menos uma vez na sua vida, ir depor aos seus pés as suas homenagens e orações! Mas na sua excessiva bondade não quis que houvesse na sua inumerável família uma só aflição que não fosse fácil depositar no seu coração, e foi por isso que Ele multiplicou os seus santuários até ao infinito.

Um dia dizia Ele aos seus discípulos:

“Felizes os olhos que veem o que vós vedes, e os ouvidos que escutam o que vós escutais. (Mt 13, 16)”

Nós temos muitas vezes invejado essa felicidade embora a nossa, considerando-a debaixo de todos os aspectos, lhe seja realmente preferível, porque nós temos sobre os seus contemporâneos a vantagem que Ele não estava presente senão em um único lugar ao mesmo tempo; Nazaré perdia-O quando Ele ia a Jerusalém. Quantas lágrimas teria Ele poupado às irmãs de Lázaro, se Ele tivesse estado em Betânia, quando a morte veio roubar-lhes um irmão que Ele se dignou restituir-lhes, ressuscitando-o! Quanto a vós, almas fiéis, que Ele prova porque vos ama assim como a essas duas irmãs, não tendes a lamentar-vos da sua ausência; Ele está sempre aí junto de vós na sua humilde morada, ressentindo todos os vossos males e convidando-vos a virdes procurar o remédio ao pé d’Ele. Mas porque esta consideração vos não infunde mais firmeza na vossa esperança e não desterra os vossos sustos?

TRECHO DO LIVRO: A PAZ DA ALMA - FRUTO DA DEVOÇÃO À EUCARISTIA E DO ABANDONO À PROVIDÊNCIA.
Ano:1882.
Padre Chaignon.

Será lançado ainda este ano com a graça de Deus. Aproveitem e adquiram os nossos livros já lançados.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Demonstração do Ebook Guia de Como Rezar o Rosário



Este é um guia simples de como rezar o rosário, segue os moldes de aplicativos de celular, basta ir rezando e mudando as páginas. No índice tem os Mistérios e os dias em que se rezam, possui também o Rosário Completo com todos os Mistérios.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Contatos

Por qualquer motivo que queiram entrar em contato conosco, dúvidas, sugestões, parcerias, etc; segue nossos Contatos:


E-mail: (edicoescatolicasindependentes@gmail.com) / (César Augusto Simões: cesar.sim@hotmail.com)

domingo, 3 de fevereiro de 2019

A Tradição da Igreja segundo Padre Julio Maria de Lombaerde





Trecho do Livro: A Mulher Bendita diante dos Ataques Protestantes: Respostas Irrefutáveis às Objeções Protestantes contra o Culto da Santíssima Virgem Maria.

A Mulher Bendita diante dos Ataques Protestantes: Respostas Irrefutáveis às Objeções Protestantes contra o Culto da Santíssima Virgem Maria

SINOPSE
Publicado originalmente em 1936, esta grande obra do Padre Julio Maria de Lombaerde, na qual defende de modo enérgico a Virgem Santíssima, sua honra e sua dignidade, ganha finalmente uma Nova Edição. Antes relegada aos sebos, agora tem a oportunidade de novamente ser luz para muitos cristãos, fazendo Nossa Senhora ser cada vez mais conhecida e amada.

Padre Julio diz sobre o seu livro:

"É um livro de doutrina. Um livro evangélico. Um livro de exegese, mostrando os fundamentos do culto de Maria Santíssima, os alicerces evangélicos da sua grandeza e a fragilidade das objeções diversas. Nenhuma tese, nenhum princípio, nenhuma conclusão, nenhum título será admitido neste livro que não tenha a sua base na Sagrada Escritura."

E assim ele cumpre o que diz, defendendo com maestria Maria Santíssima e todas as suas prerrogativas, dando respostas irrefutáveis frente as mais diversas objeções. E tudo isso, como ele mesmo diz, com a Bíblia na mão e um pouco de lógica na cabeça.

BIOGRAFIA DO AUTOR

Padre Julio Maria de Lombaerde, nascido em 7 de Janeiro de 1878, na Bélgica, foi um grande missionário. Chegou ao Brasil em 1912, fundou as congregações Filhas do Coração Imaculado de Maria, dos Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento e das Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora. Publicou também diversos livros defendendo com ardor a fé católica e a Virgem Maria, até mesmo de modo enérgico. Seus escritos são variados, tendo obras de espiritualidade, homilética, teologia dogmática, eucaristia, mariologia, polêmica, apologética, dentre outros. Criou também escolas, hospitais, asilos, etc.

Faleceu em 24 de Dezembro de 1944 em um acidente de carro. Em 2015 foi aberto o processo de beatificação e atualmente sua vida está sendo investigada na fase diocesana, já vários milagres e graças são atribuídos à sua intercessão. Suas últimas palavras foram: “Meu Deus, meu Deus! Nossa Senhora do Carmo! Meu Deus!”


Links para Compra

Ebook

Amazon: (https://www.amazon.com.br/Mulher-Bendita-diante-Ataques-Protestantes-ebook/dp/B07JGMWD1V/)

Capa Comum ISBN: 9781728879789 Páginas: 371 Tamanho: 15x23 Cm.

Amazon BR: (https://www.amazon.com.br/Mulher-Bendita-Diante-Ataques-Protestantes/dp/1728879787/)

Amazon EUA: (https://www.amazon.com/Mulher-Bendita-Diante-Ataques-Protestantes/dp/1728879787/)

Santa Cruz Livraria & Artigos Católicos: (https://www.stacruzartigoscatolicos.com.br/livros/a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes-padre-julio-maria-de-Lombaerde)

Capa Flexível ISBN: 9781684547043 Páginas: 459 Tamanho: 14,8x21 Cm.

Amazon Capa Flexível: (https://www.amazon.com.br/Mulher-Bendita-Diante-Ataques-Protestantes/dp/1684547040/)

Livraria Cultura: (https://www.livrariacultura.com.br/p/livros/religiao/a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes-2111917023)

Estante Virtual: (https://www.estantevirtual.com.br/wtrlivros/padre-julio-maria-de-lombaerde-a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes-1523829416)

Mercado Livre: (https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1172089854-a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes-_JM)

Submarino: (https://www.submarino.com.br/produto/52061177/a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes)

Americanas: (https://www.americanas.com.br/produto/52061177/a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes)

Clube de Autores: (https://clubedeautores.com.br/livro/a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes)

Agbook: (https://www.agbook.com.br/book/267804--A_Mulher_Bendita_diante_dos_Ataques_Protestantes)

Lt2Shop: (https://www.lt2shop.com.br/produto/a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes-615108)

Buscape Comparador de Preços: (https://www.buscape.com.br/a-mulher-bendita-diante-dos-ataques-protestantes-1684547040)

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Bem vindos!

Olá a todos.

Pretendemos através deste blog divulgar os livros por nós lançados, bem como também trechos deles e de futuros lançamentos para apreciação dos leitores.

Divulgaremos também novidades, promoções, dicas de livros (disponíveis gratuitamente na internet e pagos também), campanhas de financiamento de nossos irmãos na fé, etc.

Esperamos que Deus abençoe o nosso trabalho e Nossa Senhora nos cubra com o seu manto.

Amém!